as palavras que guardei pra lhe dizer foram gastas num poema

as palavras que guardei pra lhe dizer,
foram gastas num poema.
por isso, agora me calo,
me debruço nas colunas de jornal,
procurando palavras bonitas
para dizer que fui eu que inventei.

Poeta é um ser fraco:
lamenta pelo passado,
sofre com o presente
e o futuro é a data do suicídio.

mas a vida do poeta é isso:
a capacidade de recitar asneiras
e a mediocridade de as separar em estrofes.

Qual a estação em que a vida acena e vai embora?
lembre-a de trancar as portas, apagar a luz,
colocar um casaco e ir andando sem olhar pra trás.

(10/03/2015, 03:32)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s