sinto-me abraçado à hélices

Sinto-me abraçado à hélices,
que me rasgam, dilaceram,
e me dividem em pedaços
incontáveis e desprezíveis
acordando-me aos prantos
para outro dia.

Sinto-me abraçado à hélices,
que giram e rasgam,
e giram, me cortam,
espalhando meu sangue
nestas manchas do colchão

Histérico e inútil,
com perguntas sem sentido
declaro culpados todos os singulares instantes
que impetuosamente estão instalados
entre hoje e o suicídio

os instantes foram criados para serem sofridos
e por isso os sofro agarrado às hélices
que me rasgam, dilaceram,
me rasgam, me cortam

(30/10/2013)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s